19, maio, 2024
Encontro Digital Com OBK

Encontro Digital Com OBK

Encontro Digital Com OBK 1

Bom dia, o novo disco é muito bom, neste novo disco, percebi que as letras são feitas, em detrimento da electronica. É a melhoria logica do grupo ? Ou é uma particularidade de Feeling ? As coisas saíram bem, de uma maneira natural, como todos os trabalhos de OBK.

Sim, é verdade que pela constituição nesse novo trabalho temos notado uma intuição de perfeição e de saber super bem que é o que queríamos fazer e revelar. 2. o que album vos sentis mais orgulhosos? Graças à experiência acumulada de todos os discos, ‘Feeling’ nos dias de hoje é o fantástico disco para nós. 3. o que podemos encontrar novamente nesse novo disco?

Como definiríais vossa melhoria desde o primeiro disco de OBK até nesta hora? Acreditamos que a melhoria do grupo foi com cada trabalho reiterar-se em seu estilo e em sua filosofia musical tão pessoal. É um mundo construído por nós dois que durante o trajeto fomos ajustando.

4. Olá, que tal, parabéns por seu novo trabalho. Queria saber qual é a vossa conexão com a comunidade GAY, já que apenas se vos vê nesse lugar. A nossa ligação com a comunidade gay tem sido sempre muito legal, porque entendeu a nossa proposta. É um coletivo com o que nós temos muito feeling.

  • Até a morte
  • Sírios e libaneses
  • 4 Sites de interesse
  • vinte e cinco horas. O Inter cede a Biabiany ao Sparta de Praga
  • Sol Williams Pendavis como o mesmo, Juiz e Fundador da Casa de Pendavis
  • Internet melhoria a efetividade pessoal
  • Sem peitos não há paraíso – Temporadas um e 2, Ed.colecionador (22 de abril de 2009)

5. Você tem previsto assinar discos ? Sim, de imediato foi assinada em Barcelona, Madrid e Valladolid. Amanhã, quarta-feira estaremos em Málaga e pela sexta-feira em Valência. 6. você tem pensado em lançar um disco cantado em inglês pra abriros mais para a Europa e atrair mais público para a vossa música?

A verdade é que estamos abertos a essa alternativa, contudo não depende da gente, porém das empresas que queiram editar o nosso serviço. Para nós, gostaríamos de saber. 7. Quais são as vossas referências musicais e qual o último disco que você comprou? 8. Como você vê o panorama da música electrónica em Portugal, que grupos vos interessam? E uma pena que ele sumisse Najwajean.

9. Qual a música lhe dedicaríais a Bento XVI? Não estaria mal que ouvisse ‘O céu não entende’ e ‘Esconde realidade’. Pensamos que a Igreja precisa abrir tua mentalidade a certos temas. 10. Entendo que o Depeche Mode foi uma fonte clara em vossos origens, o