19, maio, 2024
“Is Cannabis Neurotoxic For The Healthy Brain?

“Is Cannabis Neurotoxic For The Healthy Brain?

"Is Cannabis Neurotoxic For The Healthy Brain? 1

Se acrescentam substâncias vasodilatadoras periféricas, agentes vasoactivos, ativadores cerebrais, ativadores de neurotransmissores, neuroprotectores, neuroregeneradores, neuropeptídeos, hormônios e vitaminas. Na maioria dos casos, o mecanismo de ação dos nootrópico é inexplorado. Acredita-Se que os nootrópicos funcionam ao transformar a disponibilidade de suprimentos neuroquímica do cérebro (neurotransmissores, enzimas e hormônios), a partir da melhoria ou ativação do metabolismo cerebral, ou estimulando o crescimento neuronal (neurogénesis).

A palavra nootrópicos foi cunhado em 1972 pelo Dr. Corneliu E. Giurgea e deriva das palavras do grego “nous” (a mente) e “tropos” (endereço). O Dr. Giurgea em 1982, elaborou uma explicação prática de nootrópicos. De acordo com esta descrição só se são capazes de crer nootrópico a piritioxina e o piracetam e seus análogos. Sendo esta a definição conservadora, mas, no ambiente acadêmico das neurociências como outros fármacos dentro da classe, como a codergocrina, dihidroergotoxina, meclofenoxato ou centrofenoxina, vincamina, vinpocetina e naftidrofuril. O resto de substâncias, drogas, medicamentos e suplementos, com qualquer tipo de efeito psicoactivo, a maior parte das especificadas neste post, não serão consideradas estritamente como nootrópicas.

Anteriormente, Skondia em 1979, aconselhou 6 critérios básicos, talvez a descrição mais severa, em termos de atividade metabólica no cérebro, pra definir os agentes nootrópicos. 1. Deve carecer de efeito vasodilatador direto. 6. Deve ter sido submetido a muitos ensaios clínicos que estabeleçam o jeito de ação farmacológico.

O efeito primário dos nootrópico é acrescentar a atividade cognitiva do telencéfalo. Estas substâncias áctuan como estimulantes metabólicos do sistema nervoso central, facilitando a utilização da glicose, transporte de oxigênio, e a rotação de potência (equilíbrio entre o ADP/ATP).

  • Ser cidadão no exercício
  • Máquina específica para o polegar
  • O anúncio de que são “seguras”, ou “sem riscos para a saúde”.[27]
  • Mar.2010 | 22:53
  • Tempo de duração: uma semana (e não repeti-la)

Ainda não há consenso científico pela explicação de nootrópicos e seu instrumento de ação deve ser esclarecido na maior quantidade dos casos. Embora insuficiente se sabe o equipamento neuroquímicas dos nootrópicos, e o entendimento dos mesmos requer uma aproximação multifácetica, a começar por disciplinas como a neuroquímica, farmacologia e psico-farmacologia.

Os nootrópicos se associam a novas drogas psicotrópicas: psicolépticos (hipnóticos, atípicos e ansiolíticos), novas delas (estimulantes do SNC, antidepressivos e nootrópicos, e psicodislépticos (alucinogénios como alguns opiáceos, LSD, e canabinóides. A efetividade das substâncias nootrópicas, pela maioria dos casos, não foi estabelecido conclusivamente.

Isso é complicado na complexidade de definir e quantificar a cognição e a inteligência. Neste sentido, os resultados clínicos são ilógicos. Como exemplo, um estudo de meta-análise de 2002, que revisou a literatura científica de um dos nootrópico mais estudados como o piracetam evidenciou eficiência clínica superior ao placebo para o tratamento do declínio cognitivo. No tratamento das demências são utilizados diferentes promessas terapêuticas, mesmo que várias delas não têm demonstrado sua eficiência ou esta é limitada. Entre os diferentes grupos de fármacos utilizados vasodilatadores, estimulantes do metabolismo neuronal, hormônios e vitaminas, fortificantes ou antagônicos de alguns neurotransmissores, quelantes, nootrópicos, neuropeptídeos, e psicofármacos.

Normalmente, os nootrópicos realizam a tarefa de elevar a referência de compostos neuroquímica do cérebro (neurotransmissores, enzimas e hormônios), melhorando o suprimento de oxigênio para o cérebro, ou estimulando o desenvolvimento neuronal. A maioria das substâncias nootrópicas são localizados nos alimentos ou componentes de plantas, ervas, raízes, sementes, cascas, etc.) disponíveis em lojas de conveniência, e são utilizados como suplementos alimentares. Com alguns nootrópico os efeitos são sutis e graduais, por exemplo, com a maioria dos indutores do crescimento neuronal (neurogénesis), e poderá demorar semanas ou meses antes que se note qualquer avanço cognitiva.

No outro extremo do espectro estão os nootrópicos que têm efeitos imediatos, profundos, e óbvios. Enquanto que os estudos científicos aturam muitas das vantagens demandadas, cabe observar que muitas das demandas atribuídas a uma certa pluralidade de nootrópicos, e não foram testados formalmente, com disparidade de resultados nos estudos efectuados.

Em linhas gerais, se tenta fornecer ao organismo os precursores e co-fatores que devia pra produzir neurotransmissores. As melhorias nos níveis desses neurotransmissores melhora a concentração, o foco mental, a experiência do cálculo, a codificação da memória, criatividade, humor, e podes evitar, até mesmo curar a maioria das depressões. Os quatro principais neurotransmissores são acetilcolina, dopamina, noradrenalina e serotonina. Observa-Se que o exercício cardiovascular elaborado habitualmente também tem efeitos nootrópicos, aumentando a know-how do corpo humano para fornecer oxigênio pras células do cérebro e estimulando a sentença do fator neurotrófico derivado do cérebro (BDNF). O exercício é altamente sinérgico com a suplementação alimentar. As drogas nootrópico estão normalmente acessíveis por prescrição ou por importação pessoal.